<body><script type="text/javascript"> function setAttributeOnload(object, attribute, val) { if(window.addEventListener) { window.addEventListener('load', function(){ object[attribute] = val; }, false); } else { window.attachEvent('onload', function(){ object[attribute] = val; }); } } </script> <div id="navbar-iframe-container"></div> <script type="text/javascript" src="https://apis.google.com/js/plusone.js"></script> <script type="text/javascript"> gapi.load("gapi.iframes:gapi.iframes.style.bubble", function() { if (gapi.iframes && gapi.iframes.getContext) { gapi.iframes.getContext().openChild({ url: 'https://www.blogger.com/navbar.g?targetBlogID\x3d37983758\x26blogName\x3dAnucha+Melo\x26publishMode\x3dPUBLISH_MODE_BLOGSPOT\x26navbarType\x3dBLUE\x26layoutType\x3dCLASSIC\x26searchRoot\x3dhttp://anuchamelo.blogspot.com/search\x26blogLocale\x3dpt_BR\x26v\x3d2\x26homepageUrl\x3dhttp://anuchamelo.blogspot.com/\x26vt\x3d5035176595317743179', where: document.getElementById("navbar-iframe-container"), id: "navbar-iframe" }); } }); </script>
sábado, novembro 10, 2007
“Pega leve, vai levando...”



Foi mais ou menos isso que eu ouvi (ou melhor, li no msn) da Liciane hoje. Legal! E é esse o mote da musiquinha nova que a Ivete fez pra aquela cerveja, sabe? Bonitinha. Vocês já viram a propaganda?

“Tudo pode pegar. Tudo pode acontecer.
Pega leve com a vida. Que a vida pega leve com você...”


Tenho andado assim. Como diz a Rita Apoena: “vivendo tão intensamente o momento presente, que quase chego atrasada ao seguinte”. É que a vida está mais vibrante. Mais colorida. E resolvi embarcar nessa viagem do pote de ouro do arco-íris. Tem seus altos e baixos. Mas o percurso não é menos estimulante por isso. São dias de sol. E noites de lua clara. Quando deito pra dormir, meu corpo tá leve feito brisa. Relaxado. Disposto a ficar entregue e deixar o sono reparador promover as curas subconscientes. Para que o dia nasça ainda mais feliz e luminoso.
(Ai... tomara que eu tenha contagiado você. Porque, confesso, fiquei ainda mais contagiada de mim mesma!)

Me sugeriram conhecer Herman Hesse. Fui na melhor fonte que poderia ter: a imensa e rica biblioteca da minha mãe. Pense num tesouro! Lá estavam eles todos juntos. Já haviam passado, um por um, pelas mãos, olhos e mente curiosa da minha irmã. Chegou, então, a minha vez. Num fôlego, li “Caminhada”. Passei a vista por “O Lobo da Estepe”. Mas, me interessei mesmo pelo “O jogo das contas de vidro”. Começo daqui a pouco.
Sobre a “Caminhada”: boas surpresas...

“É sentir que a vida palpita em mim, quer seja na ponta da língua, quer seja na planta do pé... que meu espírito seja vivaz, que possa transformar-se em inúmeras fantasias e formas...”

Entendeu? Não, né? Não importa. A mim me importa que eu esteja ciente do que estou vivendo. E, claro, que algumas boas almas vibrem comigo. O pior é que andam me dizendo, ultimamente, sobre o quanto as más almas me vudurizam ao me ler aqui. “Xô! Sai de retro!”. Como diz meu amigo Luizinho de Aracaju: “Quem se encosta em Deus não cai”.

Aí, hoje, sábado à noite, resolvi ficar em casa. Dar um tempo. Me espichar na cama e ler um bom livro. Pensar na vida. Repousar. Trabalhei hoje de manhã. Recebi amigos queridos em casa de tarde. Tô lutando aqui com minha cadelinha pra que ela coma sua comidinha e... nada. Enfim, tô “levando”. Muito bem, por sinal. Sério. Tô me dando o maior ponto. Modéstia às favas!

Pois bem. Já chega por hoje. A Tatá deixou uma Clarice pra mim no orkut. Trouxe-a pra vocês. E também pra mim, claro.

"É tão difícil falar e dizer coisas que não podem ser ditas. É tão silencioso. Como traduzir o silêncio do encontro real entre nós dois? Dificílimo contar. Olhei para você fixamente por uns instantes. Tais momentos são meu segredo. Houve o que se chama de comunhão perfeita. Eu chamo isto de estado agudo de felicidade."
(Clarice Lispector)

E pra minha felicidade ser ainda maior... O Luizinho entra no msn na hora em que eu estava finalizando o post. E me diz isso de presente: “a gente é tanta gente aonde quer que a gente vá...”
postado por Anucha Melo @ 8:04 PM 





0 Comentários:

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

<< Página inicial