<body><script type="text/javascript"> function setAttributeOnload(object, attribute, val) { if(window.addEventListener) { window.addEventListener('load', function(){ object[attribute] = val; }, false); } else { window.attachEvent('onload', function(){ object[attribute] = val; }); } } </script> <div id="navbar-iframe-container"></div> <script type="text/javascript" src="https://apis.google.com/js/plusone.js"></script> <script type="text/javascript"> gapi.load("gapi.iframes:gapi.iframes.style.bubble", function() { if (gapi.iframes && gapi.iframes.getContext) { gapi.iframes.getContext().openChild({ url: 'https://www.blogger.com/navbar.g?targetBlogID\x3d37983758\x26blogName\x3dAnucha+Melo\x26publishMode\x3dPUBLISH_MODE_BLOGSPOT\x26navbarType\x3dBLUE\x26layoutType\x3dCLASSIC\x26searchRoot\x3dhttp://anuchamelo.blogspot.com/search\x26blogLocale\x3dpt_BR\x26v\x3d2\x26homepageUrl\x3dhttp://anuchamelo.blogspot.com/\x26vt\x3d5035176595317743179', where: document.getElementById("navbar-iframe-container"), id: "navbar-iframe" }); } }); </script>
quinta-feira, outubro 25, 2007
Lá rá ri lá lá lá...



Eu adoro cantar. Quem me conhece sabe disso. Canto e ouço música boa parte do meu dia. Ouço de tudo. Mas MPB é minha paixão. Música boa. Daquelas que tocam meu coração. Que me fazem pensar. E olha que eu até que não sou lá muito desafinada. Aprendi com o Luizinho de Aracaju a cantar quando tô com vontade de chorar. Já tentaram? A gente não consegue cantar direito, começa a engasgar e acaba rindo. Aí, o que era choro vira gargalhada. Bom, comigo é assim.
Mas, sim... Eu recebi esse texto aí. Não sei quem é o autor. Só sei que gostei do que eu li. Fez eu dar uma parada pra refletir sobre como a gente se estressa com pouca coisa. Ou com o que não precisa tanto desgaste emocional. A vida é tão simples. Segue o seu curso natural. E a gente fica se prendendo aos pedregulhos do caminho, hesitando em pegar atalhos para apressar o ver o tempo correr mais rápido. Mas é melhor lembrar do Lenine: “A gente espera do mundo e o mundo espera de nós um pouco mais de paciência!”
Estou terminando de ler “Não sou uma só”, da Marina W. Quer saber? Tá sendo bom constatar que não sou tão estranha quanto me sinto ser. Sou normal. Talvez precise só me conhecer mais. Saber meus abismos. Avistar meus picos. Essa bipolaridade de humores. Saca?
Bom... deixo vocês com o texto que diz bem melhor do que eu to tentando dizer.

Seguir cantando

É natural cada um de nós desejar realizar o melhor de nossos sonhos através do empenho e dedicação nesse sentido. Mas nesse objetivo, nem sempre navegaremos em um mar de rosas, talvez até com o receio de confiar na bússola de nossos ideais...
Porém, é em certos momentos que devemos buscar dentro de nós o recurso da perseverança de continuar acreditando no propósito que motivou nossa viagem, cruzando as dificuldades que possam aparecer.
Quando sentir a mão fria da dúvida querendo apagar a alegria que motivava sua vida, aprenda com os pássaros a continuar cantando e construindo o que dita teu coração.
Seguir cantando.
Já observou a atitude dos pássaros ante às adversidades? Passam dias e dias fazendo seu ninho, recolhendo pequenos materiais, às vezes trazidos de locais distantes... Contudo, pode ocorrer que quando já esteja quase terminado, as inclemências do tempo ou de algum animal destruir o que com tanto esforço foi feito...
Mas o pássaro não abandona a tarefa. Recomeça novamente, até que no ninho possa servir de abrigo. Dói recomeçar do zero, mas ainda assim o pássaro não emudece, nem retrocede.
Segue cantando e construindo...
Você já sentiu que em sua vida, ou em seu trabalho, na sua família, talvez entre seus amigos, algo que diferiu dos seus sonhos?
Já se questionou se vale a pena o esforço, ou se tudo isso é demasiado para si?
Já se encontrou cansado de recomeçar, do desgaste da luta diária, da confiança nem sempre correspondida, das metas que tiveram de ser adiadas quando estava a ponto de conseguir?Mesmo que as atribulações se façam persistentes, não desanime...
A esperança deve sempre caminhar a nossa frente guiando nossa vontade para continuar...
Seja qual for a dificuldade, ela jamais será maior que sua capacidade de prosseguir...
Siga adiante.
E sobretudo...
Nunca deixe de cantar...
P.S.: Foto feita pelo Fábio Lima no Viva Piauí de todas as paixões!!!
postado por Anucha Melo @ 1:57 PM 





0 Comentários:

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

<< Página inicial