<body><script type="text/javascript"> function setAttributeOnload(object, attribute, val) { if(window.addEventListener) { window.addEventListener('load', function(){ object[attribute] = val; }, false); } else { window.attachEvent('onload', function(){ object[attribute] = val; }); } } </script> <div id="navbar-iframe-container"></div> <script type="text/javascript" src="https://apis.google.com/js/plusone.js"></script> <script type="text/javascript"> gapi.load("gapi.iframes:gapi.iframes.style.bubble", function() { if (gapi.iframes && gapi.iframes.getContext) { gapi.iframes.getContext().openChild({ url: 'https://www.blogger.com/navbar.g?targetBlogID\x3d37983758\x26blogName\x3dAnucha+Melo\x26publishMode\x3dPUBLISH_MODE_BLOGSPOT\x26navbarType\x3dBLUE\x26layoutType\x3dCLASSIC\x26searchRoot\x3dhttp://anuchamelo.blogspot.com/search\x26blogLocale\x3dpt_BR\x26v\x3d2\x26homepageUrl\x3dhttp://anuchamelo.blogspot.com/\x26vt\x3d5035176595317743179', where: document.getElementById("navbar-iframe-container"), id: "navbar-iframe" }); } }); </script>
segunda-feira, setembro 03, 2007
“O coração pede, a cabeça desaconselha...”



Eu amo um amigo que vai ser meu amigo pro resto da vida. Não importa se ele tá aqui ou nas Minas Gerais.
Ultimamente, tenho tido ele mais perto. Porque tive a sorte de "ganhar" a filha dele Luizinha como estagiária aqui no trabalho. A gente fala nele, lembra dele, liga pra ele. Então... é a magia da amizade se cultivando. Hoje e sempre.
Fiz um post aqui ontem. Bloguei bem tardão. E, hoje, pensei melhor. Ouvi dois bons conselhos. E... deletei. Melhor deixar a razão guiar.
Aí, não tinha nada pra pôr no lugar. Até que li um comentário que ele deixou aqui há dois posts passados. "E, mais uma vez, entendi porque Deus o pôs na minha vida, Luiz Alberto Barreto. Você é um anjo, que vela por mim. Sempre. Obrigada. Amo você!"
Aqui... a musiquinha que ele disse estar ouvindo muito ultimamente. E que vem muito a calhar no meu momento. Valeu!
Sementes do Amanhã
Gonzaguinha
"Ontem um menino que brincava me falou
que hoje é semente do amanhã.
Para não ter medo que esse tempo vai passar,
não se desespere e nem pare de sonhar.
Nunca se entregue,
nasça sempre com as manhãs,
deixe a luz do sol brilhar no céu do seu olhar.
Fé na vida, fé no homem, fé no que virá.
Nós podemos muito,
nós podemos mais.
Vamos lá fazer o que será."
P.S.: A frase poderosa do título é da Donaella. Numa conversinha nossa pelo msn. Obrigada, xuxu!
postado por Anucha Melo @ 8:10 PM 





0 Comentários:

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

<< Página inicial