<body><script type="text/javascript"> function setAttributeOnload(object, attribute, val) { if(window.addEventListener) { window.addEventListener('load', function(){ object[attribute] = val; }, false); } else { window.attachEvent('onload', function(){ object[attribute] = val; }); } } </script> <div id="navbar-iframe-container"></div> <script type="text/javascript" src="https://apis.google.com/js/plusone.js"></script> <script type="text/javascript"> gapi.load("gapi.iframes:gapi.iframes.style.bubble", function() { if (gapi.iframes && gapi.iframes.getContext) { gapi.iframes.getContext().openChild({ url: 'https://www.blogger.com/navbar.g?targetBlogID\x3d37983758\x26blogName\x3dAnucha+Melo\x26publishMode\x3dPUBLISH_MODE_BLOGSPOT\x26navbarType\x3dBLUE\x26layoutType\x3dCLASSIC\x26searchRoot\x3dhttp://anuchamelo.blogspot.com/search\x26blogLocale\x3dpt_BR\x26v\x3d2\x26homepageUrl\x3dhttp://anuchamelo.blogspot.com/\x26vt\x3d5035176595317743179', where: document.getElementById("navbar-iframe-container"), id: "navbar-iframe" }); } }); </script>
terça-feira, julho 03, 2007
O que é meu e que ninguém toma...



“A fé é a posse antecipada daquilo que se espera”.
Essa frase é do Padre Antonio Cruz, da paróquia de Nossa Senhora de Lourdes, em Teresina. Um cara que eu admiro muito e cujas palavras tem o condão de me tocar.
Sempre fui uma pessoa de fé. Acredito nas pessoas. No melhor delas. Acredito que as coisas vão dar certo. Que elas vão acontecer para o bem. Acredito no amor. Que ele vai acontecer pra mim e pra quem merece ser feliz.
Sendo assim, ninguém rouba de mim a certeza que eu tenho de que as coisas boas acontecem às pessoas boas. E que nem mesmo os vampiros de plantão são capazes de sugar a minha energia. Até tentam, mas ando com o cartão de vacina em dia, sabe? Um fim de semana como o que passei na Bacaba, fazenda dos pais das Marias, é reserva de energia positiva por um bom tempo. Queria poder dividir o encantamento daquele lugar mágico com as pessoas que eu quero bem! Quem sabe, um dia, eu não os leve por lá...
Tô quase de viagem pra Bahia. Ontem, comecei a arrumar a mala. Antecipadamente, sim. Porque o Piauí Pop já começou pra mim. Na TV, o clima é de preparação: reuniões, pautas, acertos finais e todo mundo entrando na onda agitada do maior festival de arte e cultura da região. Aí, sexta, sábado e domingo, eu não sou gente. Viro zumbi. Rojão de cinco da tarde às cinco da manhã do dia seguinte. Pensa aí! Só tenho segunda-feira para terminar de afivelar as malas.
Peguei um livro da Lya Luft com a Dani Rego e a poesia tomou conta de mim. Essa parece ter sido, como diz a Sanka, “escritinha” pra mim:

“A esperança me chama,
e eu salto a bordo
como se fosse a primeira viagem.
Se não conheço os mapas,
escolho o imprevisto:
qualquer sinal é um bom presságio.
Seja como for, eu vou,
pois quase sempre acredito:
ando de olhos fechados
feito criança brincando de cega.
Mais de uma vez saio ferida
ou quase afogada,
mas não desisto.
A dor eventual é o preço da vida:
passagem, seguro e pedágio.”
P.S.: Essa foto foi a Cacha que fez. Num passeio de canoa pelo Rio Parnaíba. O rio passa em frente à fazenda Bacaba. Um paraíso na terra!!!
postado por Anucha Melo @ 6:25 AM 





1 Comentários:

Blogger Raquel disse...

A maneira como escreve e vive a vida, encanta, sabia?
Você é linda, viu?! :)

Torço para que você encontre seu grande amor.

bjinhos...

10:52 PM  

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

<< Página inicial