<body><script type="text/javascript"> function setAttributeOnload(object, attribute, val) { if(window.addEventListener) { window.addEventListener('load', function(){ object[attribute] = val; }, false); } else { window.attachEvent('onload', function(){ object[attribute] = val; }); } } </script> <div id="navbar-iframe-container"></div> <script type="text/javascript" src="https://apis.google.com/js/plusone.js"></script> <script type="text/javascript"> gapi.load("gapi.iframes:gapi.iframes.style.bubble", function() { if (gapi.iframes && gapi.iframes.getContext) { gapi.iframes.getContext().openChild({ url: 'https://www.blogger.com/navbar.g?targetBlogID\x3d37983758\x26blogName\x3dAnucha+Melo\x26publishMode\x3dPUBLISH_MODE_BLOGSPOT\x26navbarType\x3dBLUE\x26layoutType\x3dCLASSIC\x26searchRoot\x3dhttp://anuchamelo.blogspot.com/search\x26blogLocale\x3dpt_BR\x26v\x3d2\x26homepageUrl\x3dhttp://anuchamelo.blogspot.com/\x26vt\x3d5035176595317743179', where: document.getElementById("navbar-iframe-container"), id: "navbar-iframe" }); } }); </script>
sexta-feira, fevereiro 09, 2007
Sentir a alma



“Quando você volta a atenção para o interior, depois de ter atravessado o muro dos pensamentos, atinge o coração, a alma, o ser terno e vulnerável, a criança muda, a criança que chora em silêncio”.

Não sei se estou mais apaixonada pelo Pierre Lévy ou pela Gaya. Viu só que lindo pensamento? Prestou atenção que menininha mais fofa essa? Fez a ponte entre o que diz Lévy e o que tenho feito eu nesses dias últimos?
A Gaya tem feito milagres. Até acarinhando a Mel eu já tô, minha gente! Mel é a gata da Cacha, vocês lembram?! É que o doutor disse, e eu tô cumprindo à risca, que a gente tem que dar muita atenção à gatinha pra cachorrinha não se sentir a dona do pedaço. Psicologia animal pura! Hehe
Hoje, a Gaya foi ao veterinário. Mazinho. Um amor de criatura. Bela indicação do Jean. A pequena tomou banho, cortou as unhas, fez todos os exames. E a mãe dela, marinheiríssima de primeira viagem, perguntou tuuuuuuuuuuuuudo o que devia e o que nem precisava perguntar.
Gastei uma nota com ela. Caminha, ossinho, bolinha colorida, creme dental, remedinho do ouvido, higiapele, complexo B, soro fisiológico. Separei uma espécie de frasqueirinha pra ela. Mãe boba, essa... O certo é que ela está menos estressadinha. Mais brincalhona. E recebeu as primeiras visitas hoje: Tio Xande e Tia Dani Rego. Claro que eles ficaram babando por ela, né?
Hoje, vou dar um tempo na “enfurnação”. Tem baile com marchinha de carnaval no Marquim e eu vou lá. Tomar um camparizinho, que eu não sou de ferro. Amanhã, confirmadíssimo o almoço na casa da Paula Danielle. Encontro de pessoas que se querem muito bem “umas às outras”: Paulinha, Tyci, Dani Rego, Daniela e eu. Depois conto aqui. Beijos e obrigada pelo carinho!

P.S.: Ah, deu pra perceber que a Gaya não tem o focinho branco como a da foto do post anterior, né? É que o Jean percebeu uma hérnia na outra, aí decidiu trocar. O que fez muito bem. A Gaya não poderia ser mais linda!
postado por Anucha Melo @ 5:12 PM 





0 Comentários:

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

<< Página inicial