<body><script type="text/javascript"> function setAttributeOnload(object, attribute, val) { if(window.addEventListener) { window.addEventListener('load', function(){ object[attribute] = val; }, false); } else { window.attachEvent('onload', function(){ object[attribute] = val; }); } } </script> <div id="navbar-iframe-container"></div> <script type="text/javascript" src="https://apis.google.com/js/plusone.js"></script> <script type="text/javascript"> gapi.load("gapi.iframes:gapi.iframes.style.bubble", function() { if (gapi.iframes && gapi.iframes.getContext) { gapi.iframes.getContext().openChild({ url: 'https://www.blogger.com/navbar.g?targetBlogID\x3d37983758\x26blogName\x3dAnucha+Melo\x26publishMode\x3dPUBLISH_MODE_BLOGSPOT\x26navbarType\x3dBLUE\x26layoutType\x3dCLASSIC\x26searchRoot\x3dhttp://anuchamelo.blogspot.com/search\x26blogLocale\x3dpt_BR\x26v\x3d2\x26homepageUrl\x3dhttp://anuchamelo.blogspot.com/\x26vt\x3d5035176595317743179', where: document.getElementById("navbar-iframe-container"), id: "navbar-iframe" }); } }); </script>
domingo, fevereiro 25, 2007
Deslimites do ser




Andei passeando nums blogs esses dias de carnaval. Caminhada rápida. Descomprometida. E na Lela vi Manoel de Barros. Não me contentei em só ler. Tinha que trazer para outros corações sentir.

“Aquelas permanências nos relentos faziam-me alcançar os deslimites do ser!”
P.S.: POR SINAL, LELA, ANDO SENTINDO TANTO A SUA FALTA!

Ave Maria! Isso é lindo demais, gente! Esses meus dias de estar em mim, em casa, no meu sossego, meu relento tem frutificado meus limites. Mas também, me mostrado os deslimites que preciso alcançar para ir além de mim.

O carnaval foi legal. Me diverti como pude. Mesmo na “senzala”, trabalhando. Paquerei no Sanatório Geral, beijei na boca e fui feliz. Valeu a pena!
Ontem, passei boa parte do dia cuidando da Gaya. O Jr Lima veio ensinar a gente a socializar a cadelinha. Pareceu fácil. Mas, quando ele foi embora.... ela continuou com o show. Paciência do povo aqui de casa já ta no limite. Ai ai ai. Pelo visto, o simpático treinador vai ter que voltar aqui mais vezes pra nos ajudar.

Sábado à noite, fui pó El Pancho com a Dani Soares. Depois chegou Rosalina, Dani Rêgo, Cacha e um irmãozão pra mim, Marcelo Mizerani, que tava passando de Fortaleza pra Belém (onde mora). Afe que eu tva com saudade demais desse “Mizerável”!
Hoje, a Dedila, minha afilhada, veio almoçar comigo e a Cacha. Tempo de dengar, nutrir ainda mais a plantinha dos sentimentos que valem a pena. Amor de verdade. De sangue, de alma, pra sempre. Tomara que se repita mais vezes.

Amanhã, meu povo, umas 10 horas da noite, tem chat com a jornalista da Folha On, que fez aquela piada com o Instituto Dom Barreto, que foi eleita a melhor escola do Brasil, pelo Enen. Então, quem tiver a fim de bater um plá com ela... entra na Uol e procura Chat com Bárbara Gancia, ok?

Trouxe esse poema do blog do Bill, Realidade Torta. Olha que coisa linda!

"Em tudo quanto olhei fiquei em parte.
Com tudo quanto vi, se passa, passo,
Nem distingue a memória
Do que vi, do que fui."
Ricardo Reis - Odes De Ricardo Reis
postado por Anucha Melo @ 4:28 PM 





0 Comentários:

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

<< Página inicial