<body><script type="text/javascript"> function setAttributeOnload(object, attribute, val) { if(window.addEventListener) { window.addEventListener('load', function(){ object[attribute] = val; }, false); } else { window.attachEvent('onload', function(){ object[attribute] = val; }); } } </script> <div id="navbar-iframe-container"></div> <script type="text/javascript" src="https://apis.google.com/js/plusone.js"></script> <script type="text/javascript"> gapi.load("gapi.iframes:gapi.iframes.style.bubble", function() { if (gapi.iframes && gapi.iframes.getContext) { gapi.iframes.getContext().openChild({ url: 'https://www.blogger.com/navbar.g?targetBlogID\x3d37983758\x26blogName\x3dAnucha+Melo\x26publishMode\x3dPUBLISH_MODE_BLOGSPOT\x26navbarType\x3dBLUE\x26layoutType\x3dCLASSIC\x26searchRoot\x3dhttp://anuchamelo.blogspot.com/search\x26blogLocale\x3dpt_BR\x26v\x3d2\x26homepageUrl\x3dhttp://anuchamelo.blogspot.com/\x26vt\x3d5035176595317743179', where: document.getElementById("navbar-iframe-container"), id: "navbar-iframe" }); } }); </script>
sexta-feira, novembro 27, 2009
Seja legal... conto contigo!



"Tempo, tempo, mano velho, falta um tanto ainda, eu sei, pra você correr macio..."
(Pato Fu)
Num tem aquelas músicas que tocam a gente num dado momento, mesmo que já tenhamos a escutado de outras vezes e nem tchum pra ela?
Pois é...
Ouvi essa do Pato Fu dia desses, num CD que o Saulito Catatau (meu querido primo e irmão) me deu. Aí, bateu bem fundo, sabe? Vixe! Até chorei... (Mas acho que foi de saudade do Saulo também.)
É que o meu momento está sendo o de aguardar os mecanismos de acomodação do tempo. De cair na real todos os dias, entendendo que o tempo só "corre macio" no tempo em que a vida estiver seguindo o seu curso natural. De preferência, um córrego límpido e tranquilo com verde o abraçando por todos os lados. Pelo menos, é assim que eu vislumbro a minha vida no futuro. (E que seja bem próximo, se Deus quiser...)
Até lá... marco na folhinha os dias sempre alegres ao lado do meu filhote. Da família que ele me ajudou a formar. Prestenção a cara dessa "porrinha miúda", como diz meu pai Abílio. Dá pra não tocar em frente?
postado por Anucha Melo @ 3:38 PM 





0 Comentários:

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

<< Página inicial