<body><script type="text/javascript"> function setAttributeOnload(object, attribute, val) { if(window.addEventListener) { window.addEventListener('load', function(){ object[attribute] = val; }, false); } else { window.attachEvent('onload', function(){ object[attribute] = val; }); } } </script> <div id="navbar-iframe-container"></div> <script type="text/javascript" src="https://apis.google.com/js/plusone.js"></script> <script type="text/javascript"> gapi.load("gapi.iframes:gapi.iframes.style.bubble", function() { if (gapi.iframes && gapi.iframes.getContext) { gapi.iframes.getContext().openChild({ url: 'https://www.blogger.com/navbar.g?targetBlogID\x3d37983758\x26blogName\x3dAnucha+Melo\x26publishMode\x3dPUBLISH_MODE_BLOGSPOT\x26navbarType\x3dBLUE\x26layoutType\x3dCLASSIC\x26searchRoot\x3dhttp://anuchamelo.blogspot.com/search\x26blogLocale\x3dpt_BR\x26v\x3d2\x26homepageUrl\x3dhttp://anuchamelo.blogspot.com/\x26vt\x3d5035176595317743179', where: document.getElementById("navbar-iframe-container"), id: "navbar-iframe" }); } }); </script>
domingo, maio 04, 2008
Já há um céu azul...



Há dois dias, em Salvador, cedo da manhã... [depois de uma das noites mais importantes e lindas da minha vida, ao lado do meu amor, meu pai e o amor dele] ... eu estava no banho e, ao acarinhar meu ventre, cantei intuitivamente uma música que me emociona sempre.
No ato, minhas lágrimas se misturaram à água quente do chuveiro. Minha emoção rolou solta. Me peguei sentindo na pele, na alma, no todo, esse “amor puro” de que fala o Djavan.
No meu caso, em particular, dois amores puros juntos, ligados para sempre.
Tô feliz, gente. Rezem e torçam por mim!

“O que há dentro do meu coração
Eu tenho guardado pra te dar
E todas as horas que o tempo
Tem pra me conceder
São tuas até morrer
E a tua história, eu não sei
Mas me diga só o que for bom
Um amor tão puro que ainda nem sabe
A força que tem
é teu e de mais ninguém
Te adoro em tudo, tudo, tudo
Quero mais que tudo, tudo, tudo
Te amar sem limites
Viver uma grande história
Aqui ou noutro lugar
Que pode ser feio ou bonito
Se nós estivermos juntos
Haverá um céu azul
Um amor puro
Não sabe a força que tem
Meu amor, eu juro
Ser teu e de mais ninguém
Um amor puro.”
P.S.: Meu carinho a uma visitante nova, Kika Bastos, que, coincidentemente, me falou de "amor puro" aqui.
postado por Anucha Melo @ 5:46 PM 





0 Comentários:

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

<< Página inicial